segunda-feira, 5 de setembro de 2011

CINEMA E UTOPIA: DESAFIANDO O PENSAMENTO ÚNICO



Estado de Sítio (État de siège) é um filme franco-teuto-italiano de 1972 dirigido por Costa-Gavras.
O roteiro é do próprio diretor, baseado em livro de Franco Solinas, com música de Mikis Theodorakis. A história se baseia em fatos reais: o sequestro no Uruguai do agente americano Dan Mitrione (1970) e do cônsul brasileiro Aloísio Mares Dias Gomides (1971) pelos Tupamaros.
Em Montevidéu, Philip Michael Santore, um funcionário americano da entidade AID, é raptado por um grupo de guerrilha urbana de extrema-esquerda autodenominado Tupamaros. Mais duas autoridades são raptadas no mesmo dia, o cônsul Campos, do Brasil, e um outro, sendo que esse consegue escapar. Durante o interrogatório pelos captores encapuzados, Santore se diz um simples técnico mas é confrontado com evidências de que sua missão real é instruir políciais de vários países sul-americanos, ensinando métodos questionáveis tais como tortura, intimidação e assassinatos sem julgamento, o que levaria a formação de "Esquadrões da Morte", acobertados pelas autoridades. Enquanto Santore é mantido cativo, os sequestradores negociam com o governo a troca dos reféns por prisioneiros políticos, causando uma grave crise institucional e a quase renúncia do presidente do país.



Data: 08/09/11
Local: Anfiteatro do CCHS - UFMS
Horário: 18:00h
 

Um comentário: